O que os livros fazem por nós?

Costumo dizer que o ser humano é o único ser capaz de aprender com as experiências dos outros, e por isso o invento mais revolucionário de nossa história foi o livro: ele permitiu que nós aprendêssemos com Moisés, Homero, Platão, Galileu, Shakespeare, Locke, Pascal, Goethe, William James, Einstein… Ler é apropriarmo-nos do tempo dos outros, pensava Sêneca em Sobre a brevidade da vida, pequeno texto que nos diz que, se soubermos aproveitar o tempo que os outros gastaram para pensar e escrever, podemos viver suas experiências e conhecer aquilo que conhecem: podemos acrescentar tempo ao nosso tempo.